Filarmónica União e Progresso Comemorou 103 Anos

A Filarmónica União e Progresso celebrou ontem o seu centésimo terceiro aniversário.

A efeméride foi comemorada com a tradicional missa, concerto e jantar para músicos, sócios e convidados.

Fazendo votos para que a União e Progresso siga na senda do sucesso, José António Soares,  Presidente da Câmara Municipal da Madalena, afirmou que “pela qualidade com que nos surpreende a cada atuação, pela dedicação de todos os seus membros, pela sua longevidade, a União e Progresso é, sem dúvida, um elemento fundamental da nossa matriz cultural, com a qual todos os madalenenses estabeleceram, ao longo de gerações, uma ligação profundamente afetiva”.

Destacando a importância da participação da juventude nas colectividades locais, o edil mencionou ainda que “é um orgulho ver os nossos jovens, numa idade cada vez mais tenra, ingressar nas nossas filarmónicas, onde aprendem muito mais que música. Aprendem a ser, aprendem a estar. Descobrem as notas musicais e os valores da vida. Praticam os solfejos e os ditados melódicos, a amizade e a boa camaradagem.”

Fundada a 15 de janeiro de 1917, a Filarmónica União e Progresso é uma das mais antigas e importantes instituições do Concelho, afirmando-se como pilar da cultura local, ao dignificar as artes na Madalena.